Comércio

De Hearts of Iron 4 PT Wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Tela de comércio

Comércio é a troca de bens entre países, consistindo de recursos sendo trocados por fábricas civis.

Recursos de mercado

Dependendo da Lei de comércio de um país, uma porcentagem de sua produção doméstica estratégica de recursos será exportada para o mercado global. Esses recursos são indisponíveis para uso pela produção do país, independente de acordos de comércio terem sido feitos para aqueles recursos ou não. A razão por trás desse mecanismo é simplesmente abstrair um nível de produção de recursos variáveis.

Por exemplo, se um recurso específico não tem compradores, ele não será explorado e continuará disponível no mercado como potencial não explorado. Isso remove completamente a habilidade de estocar recursos e adiciona um nível maior de realismo já que a renda disponível pelas fábricas civis será necessária para comprar recursos. Esse sistema econômico é completamente diferente de edições anteriores de Hearts of Iron nas quais não havia um custo de oportunidade para produção de recursos.

Fazendo trocas

Um país pode criar um acordo de troca com um país que não seja inimigo com bens disponíveis para exportação. O exportador não precisa de aprovar o acordo e não será notificado que o acordo foi feito.

O importador precisa gastar a produção de pelo menos 1 Fábrica civil icon fábrica civil como custo de importação. Cada Civilian factory.png gasto permitirá a importação de um máximo de 8 unidades de recurso, caso disponível no mercado. Mesmo que o país exportando não seja capaz de exportar 8 unidades de um recurso, então o país importando ainda irá precisar gastar o total Civilian factory.png para realizar o acordo.

O exportado será capaz de adicionar essas fábricas civis ao número total de fábricas. Assim elas ficarão disponíveis para Construção, contarão Focos Nacionais que necessitam de pelo menos 50 fábricas ou da avaliação das Leis da economia.

Influência do comércio

A quantidade de recursos disponíveis para exportação de uma país para outro é definido pela influência de troca do país aspirante a importador. Em outras palavras, a porcentagem da exportação de um país exportado que um país pode importar é limitado para qualquer um que não é o parceiro comercial com mais influência. Como essa porcentagem não atinge zero a não ser que a influência do comércio chegue a zero e ela quase nunca chega com não inimigos, um país com a maior influência não será capaz de importar 100% de todos os recursos disponíveis no mercado pelo pais que está exportando Caso tentasse, todos os outros acordos receberiam uma quantidade sub-máxima de recursos e todos outros acordos para esse recurso seriam abandonados.

A influência de comércio muda segundo um número de fatores:

  • Valor base de 150
  • Distância entre os dois países
  • Opinião do país importador
  • Suporte (popularidade) ao partido político com a mesma ideologia que o país exportador (exceto países não alinhados)
  • Ter um número maior de divisões ao longo de uma fronteira comum

Apesar de que na prática, a escassez relativa de fábricas civis, a importância estratégica de depósitos de recursos e guerras de formas geral fazem com que a influência do comércio seja quase que irrelevante para os primeiros anos do jogo em qualquer cenário.

Transportando bens

Trocas ultramarinas necessitam de comboios, que são vulneráveis à ação inimiga.

A distância com o parceiro de transação comercial parece estar refletida na tela do comércio como um modificador que é alto para países próximos e baixo para países distantes. Isso pode afetar a efetividade dos comboios, mas nenhum específico foi demonstrado ainda.