Combate naval

De Hearts of Iron 4 PT Wiki
Ir para: navegação, pesquisa

A unidade funcional básica das forças navais em Hearts of Iron IV é a frota. Enquanto essas frotas são feitas de navios individuais de classes diferentes que podem ser nomeados e personalizados, para usá-los eles precisam ser designados a frotas. É a frota que conduz as missões navais e o combate naval, e enquanto os navios individuais nessas frotas podem ganhar experiência ou serem afundados, eles são atribuídos a uma frota ou movidos para outras frotas para poderem fazer algo no jogo. Quando você produz novos navios eles são automaticamente atribuídos a suas frotas existentes, ou para uma nova frota em um porto que você especificou, ou então para uma frota existente que você especificou. Depois disso seu navio precisa permanecer em uma frota ou em outra até que seja afundado ou deletado (transformado em sucata).

O combate naval é automatizado em sua maioria através das ordens das missões para comandar suas frotas e você as instrui em como conduzir essas missões nas regiões marítimas. Uma única frota pode cobrir no máximo três regiões adjacentes, combinando-as em um grande área de patrulha. Suas ordens podem especificar o quão sensíveis suas frotas são a dano e quando elas retornarão para o porto para se repararem automaticamente quando níveis de dano predeterminado forem atingidos. Ou você pode dar ordens para sua frota para que navios gravemente danificados saiam e retornem ao porto para se repararem enquanto a frota principal continua sua missão. Você pode dar ordem para suas frotas entrarem em combate com o inimigo ou ignorá-lo. E por último, mas não menos importante, você pode designar Almirantes para suas frotas. Esses Almirantes melhoram as habilidades defensivas e ofensivas de suas frotas e eles podem ter também traços individuais que garantem bônus especiais.

Visão geral da Marinha

Tela de visão geral da Marinha

Você pode acessar a visão geral da Marinha apertando P ou clicando no ícone Navy Overview.png da Marinha no canto superior direito da tela. Isso fará aparecer um sumário de todas as forças navais atualmente enviadas de seu país, assim como qualquer bônus ou penalidade atualmente em efeito devido à pesquisa da Doutrina Naval. Diretamente abaixo dos bônus você verá o número de navios de cada tipo que você tem exibido atualmente na forma de silhueta e uma designação naval para o tipo de navio e número.

Abaixo disso, você verá uma lista de suas frotas, seu tipo, nome e localização, assim como o número de navios nessa frota e a missão atual que essa frota está. Você pode clicar com o botão esquerdo em qualquer frota para selecioná-la. Clique com o botão direito do mouse em uma frota nessa lista para centralizar o mapa nessa frota.

Lista de equipamentos navais

Também na visão geral há dois ícones pequenos, Sunk ships button.png Navios perdidos e Equip overview button.png Detalhes do equipamento.

"Navios perdidos" abre uma janela que permite que você veja uma lista de navios seus que tenham sido afundados.

"Detalhes do equipamento" permite que você veja os navios que enviou não apenas por categoria (carregador, navio de guerra, submarino, etc) e quantidade, mas, também classe do navio e quantidade. Essa ferramenta fornece informações que permite que você decida se uma categoria particular de navios é feita de tipos antigos de cascos e se é possível usar navios de classes mais modernas naquele tipo, assim como ajuda a julgar a formação geral de sua marinha.

Frotas

Exemplo de frota aportada

Frotas normalmente começam o jogo aportadas. O número mostrado no contador é a quantidade total de navios individuais nesse porto. Passar o mouse por cima desse contador mostrará mais informações incluindo nomes de frotas, força média e organização para todos os navios naquele porto e uma contagem dos tipos de navios.

Você pode selecionar frotas individuais primeiramente clicando nesse contador que mostrará suas frotas no lado esquerdo da tela, como mostrado na fotografia onde "Frota de Casa", "Patrulha do Norte" e "2ª Flotilha de Submarinos" foram todas selecionadas com um clique. Para selecionar frotas individuais você pode clicar em "Selecionar", e para selecionar várias frotas desse grupo você pode segurar ⇧Shift + clicar em "Selecionar" para as frotas que deseja adicionar. Sua lista de frotas será reduzida para apenas as frotas que você selecionou quando largou o ⇧Shift.

Almirantes

Quando sua frota for selecionada e estiver no proto, você pode designar um almirante para ela clicando na silhueta vazia na imagem. É importante designar almirantes para suas frotas, caso você os tenha, já que eles podem influenciar fortemente o combate. Caso você não tenha almirantes você pode recrutá-los com pontos de poder político.

Habilidades

Almirantes têm uma habilidade entre 1 e 5, onde cada nível dá bônus ascendentes para chance de golpe naval e coordenação de frota.

1 2 3 4 5
Chance de ataque naval +10% +20% +30% +40% +50%
Coordenação de frota +2% +7% +10% +15% +20%

Traços

Cada Almirante pode ter um número de traços, representados por ícones de medalhas.

Traço Efeito Ação necessária XP necessário
Old Guard.png Velha guarda −25% Ganho de experiência de líder Não adquirível.
Sea Wolf.png Lobo do mar +20% de ataque de submarino Pelo menos 80% são submarinos. 700
Blockade Runner.png Fura bloqueio +20% de chance de decisão de recuar
+25% de velocidade de frota durante recuada
Não adquirível.
Superior Tactician.png Estrategista superior +25% de número de návios no primeiro contato Está vencendo. 700
Spotter.png Observador +10% de chance de avistar inimigos Ganha 10 XP por avistar inimigos. 700
Fly swatter.png Mata-moscas +10% de ataque naval AA Está lutando contra unidades aéreas. 700
Ironside.png Testa de ferro +10% de blindagem de capitania Está usando capitanias contra capitanias. 700
Air Controller.png Controlador aéreo +10% Eficiência de excursão
+10% De mira de carregadores para aéreos navais
Tem unidades aéreas carregadoras em missões. 700

Prioridade de reparo

Fleet Repair Priority.jpg
Esses ícones permitem que você defina o nível de dano que sua sua frota irá aguentar antes de tentar retornar ao porto automaticamente para reparos. Baixo significa que sua frota tem que estar praticamente afundando antes de abandonar a missão. Médio permite que suas frotas retornem caso recebam dano moderado. Alto significa que suas frotas retornarão a porto caso recebam dano leve, pinturas sejam riscadas ou cracas sejam avistadas crescendo no casco. Quando sua frota retorna para o seu porto, reparos acontecem automaticamente. A velocidade na qual navios são reparados é determinada pelo tamanho do porto, a quantidade de navios que são danificados e sendo reparados ao mesmo tempo, assim como a gravidade do dano. Quando o dano for reparado, a frota retornará à patrulha automaticamente e retomará a missão.

Outras opções de reparo

Repair now.png
Você também pode escolher "Reparar Agora!" para enviar sua frota de volta ao porto imediatamente. Ao clicar você fará com que suas frotas parem a missão atual e retornem para o porto para serem reparadas. Quando o dano for reparado, a frota retornará à área de patrulha e retomará a missão. Clicar com Ctrl nesse ícone enviará a frota de volta para o porto imediatamente para ser reparada, abandonando a missão e continuando lá após os reparos.
Never repair.png
Nunca reparar desligará a função de auto-reparo e a frota ignorará o dano e continuará sua tarefa até que o último navio desapareça sob as ondas.
Automatic split off.png
Separação automática pode ser ativada ou desativada. Caso habilitada, navios que são danificados deixarão a frota principal e retornarão ao porto para se reparar enquanto a forta principal continua sua missão na área de patrulha. Quando reparados, esses navios retornarão à área de patrulha voltando à frota principal. Como há um risco que navios sozinhos ou pequenos grupos possam ser interceptados a caminho ou vindo do porto, essa função começa desabilitada.

Regras de combate

Essa função pode ser alternada entre Fire at will.png "Abrir fogo", na qual a frota irá entrar em combate com qualquer inimigo que encontrar e Do not engage.png "Não combater", na qual a frota buscará evitar combate. Não há porque frotas com uma missão designada estarem com "Não combater" selecionado, caso contrário elas fugirão todas as vezes que encontrarem o inimigo. Além disso, frotas com uma ordem específica tal como “Ataque a comboios” não tentarão combater navios de guerra inimigos, mesmo que suas regras de combate estejam definidas como "Abrir fogo!", ao invés elas preferem atirar em comboios.

Gerência de frotas

Às vezes você terá a vontade de mudar a configuração de sua frota para adicionar ou remover navios. Há várias formas de se fazer isso.

Arrastando cruzadores da esquadra 3A para a 6A

Arrastar navios entre frotas

Select Ships to Transfer Popup.jpg

Para transferir navios entre frotas existentes você precisa selecionar as frotas. Lembre-se que caso haja mais do que uma frota no porto, você pode usar a tecla ⇧Shift para reduzir a seleção das frotas. Então basta arrastar uma classe de navios de uma frota para a próxima usando o mouse. Clique na silhueta da classe de navio que você deseja mover e arraste a silhueta para a frota destino selecionada. Quando estiver lá solte a silhueta e uma nova caixa de texto irá aparecer chamada "Selecionar navios para a transferência". Assim você conseguirá especificar se você queria mover toda a classe de navios ou apenas um conjunto menor daquela classe para a nova frota.

Você pode repetir esses passo para classes diferentes de navios até que as frotas tenham a composição que você deseja.

Criando uma nova frota

Outra forma de administrar suas frotas é usando o botão Create New Fleet.png "Criar nova frota" que você pode encontrar quando qualquer frota for selecionada. Isso permite que você leve navios da frota selecionada atualmente e os atribua para uma frota completamente diferente. É válido ressaltar que a não ser que você especifique um porto ou uma frota destino na tela de produção ao produzir navios, o jogo automaticamente gerará uma frota e todos os navios produzidos recentemente serão atribuídos a essa frota. Entretanto, você pode usar esse botão para criar frotas menores, mais especializadas a partir frota "reserva" gerada automaticamente. Quando você aperta o botão "Criar nova frota" uma janela de "Selecionar navios para transferência" irá abrir, permitindo que você especifique quais navios você deseja mover para a nova frota. Quando tiver terminado, a nova frota aparecerá em sua lista de frotas com um nome genérico, como "Frota Itália 1" por exemplo.

Fundindo frotas existentes

Selecione as frotas que deseja fundir e aperte o botão Merge.png localizado em cima de suas frotas selecionadas e à direita dos ícones de seleção de missão da frota. As frotas selecionadas se fundirão imediatamente em uma única frota.

Verificando estatísticas de combate

Informação da frota, histórico e detalhes

Hearts of Iron IV rastreia experiência, habilidade e histórico para navios individuais, e isso pode ser visto na Visão da Frota. Selecione a frota que você quer rever. Você perceberá que cada navio individual em sua frota é listado com uma organização verde e uma barra de força marrom, uma silhueta para a classe de navio, um ícone de ranking para mostrar o nível de experiência do navio, uma barra de progresso vertical mostrando quanta experiência aquele navio acumulou para o próximo ranking e o nome do navio. Se o navio participou no combate e afundou qualquer embarcação inimiga, um ícone adicional aparece History Report.png do lado do nome do navio para histórico. Segurar o mouse sobre esse ícone de histórico dará um sumário de quantos navios você afundou com essa embarcação. Clicar no ícone de histórico abrirá os detalhes dos navios exibindo o histórico de navios afundados para essa embarcação específica.

Região marítima

Modo de mapa naval com regiões e rotas de comboio.

Os oceanos do mundo são divididos entre grandes regiões chamadas de regiões marítimas. Você pode ver essas regiões mais claramente apertando a tecla F2 que fará aparecer os nomes e destacará as bordas grossas negras dessas regiões.

Regiões marítimas são subdivididas em regiões menores que são equivalentes a províncias em terra. Essas áreas menores podem ser vistas com zoom no mapa, elas são definidas por uma borda preta fina, enquanto as regiões marítimas maiores têm uma borda preta grossa. Enquanto regiões marítimas definem onde uma frota pode executar missões, essas áreas menores permitem que você mova uma frota a um ponto específico no mapa sem uma missão. Você pode fazer isso selecionando uma frota, selecionando segurar H, e clicando com o botão direito em qualquer lugar no mapa dentro do alcance da frota. Uma seta bege de movimentação aparece e a frota se moverá para esse ponto específico no mapa e ficará lá. Ela não conduzirá uma missão, porém, se for detectada por um inimigo e o combate acontecer, ela agirá de acordo com as regras de combate atuais. A frota também interceptará qualquer inimigo se movendo por sua área imediata, mas não um inimigo que esteja se movendo por áreas próximas mesmo que eles estejam na mesma região marítima.

Quando esse modo for selecionado você também verá rotas de comboios amigáveis que são representados pelas linhas pontilhadas. As rotas de comboio consistem de comboios de suprimentos que deixam seu país natal para suprir qualquer território e exércitos ultramarinos, assim como comboios de recursos que coletam recursos de territórios ultramarinos e trazem eles para seu território natal. Rotas comerciais também geram rotas de suprimento para ou saindo de países com os quais você pode realizar uma troca comercial. Essas rotas duram tanto quanto o acordo comercial em efeito. Comboios de suprimentos são completamente automatizados e abstraídos e você não tem que se preocupar com eles, entretanto, é importante perceber por quais regiões marítimas suas rotas de comboio passam, porque ações inimigas em uma dessas regiões podem causar a destruição dos navios do comboio. Quando você fica sem navios de comboio, o comércio de suprimentos não ocorre mais de forma eficiente o que pode resultar em produção de fábricas perdidas ou desgaste de tropas e batalhas perdidas. Portanto é importante para um império que se lance ao mar se familiarizar com rotas de comércio e de suprimentos e protegê-las com embarcações navais.

Lembre-se de que frotas em uma missão conduzirão essa missão em toda a região Marítima e podem cobrir também três regiões marítimas contíguas por frota.

Missões navais

Atribuir missão

Ícones para atribuição de missões

Para atribuir missões a uma frota você precisa em primeiro lugar selecionar a frota. Quando a frota aparecer você verá os ícones (apontados pela seta vermelha na imagem) para atribuir uma missão a essa frota. Esses ícones são Patrulha icon Patrulha (Z), Pesquisar e Destruir icon Pesquisar e Destruir (X), Ataque de Comboios icon Ataque de Comboios (C) e Escolta de Comboio icon Escolta de Comboio (V) e são usados para escolher um tipo de missão para as frotas selecionadas. Há também um símbolo de âncora, para Segurar icon segurar (H), que ordena à frota cessar sua missão. Executar o comando de cessar "não" enviará a frota de volta para o porto, apenas interrompe a missão e deixa a frota onde está.

Missões atribuídas no momento

Ver missões atribuídas no momento

Você pode ver quais missões estão atribuídas no momento a uma frota selecionada, olhando na caixa de missão atual (destacada pelo círculo vermelho na imagem à esquerda). Esse ícone diz quais missões foram atribuídas para a frota realizar. Um âncora nessa caixa significa que essa frota não tem ordens de missão no momento. Frotas sem ordens de missão que estiverem aportadas ainda seguirão as Regras de combate na pequena área do oceano na qual estiverem localizadas.

Selecionar Área de Patrulha

Áreas de patrulha selecionadas

Quando você tiver selecionado uma frota e decidido qual missão essa frota irá realizar, você precisa atribuir essa frota a uma área de patrulha em algum lugar no mapa. Para fazê-lo você precisa ter essa frota selecionada e depois CLICAR COM O BOTÃO DIREITO na região marítima onde você quer executar essa missão. Cada frota pode ser atribuída uma única missão em até 3 regiões marítimas contíguas. Só continue clicando com o botão direito nas regiões marítimas que têm contato com a região marítima original. Você ouvirá um som de erro se tentar atribuir sua frota a mais do que 3 regiões marítimas ou para regiões que não estiverem ao lado umas das outras. No exemplo à direita você verá que a "Frota da casa" está configurada para realizar uma patrulha nessas três regiões: Aproximações ocidentais, Mar norueguês e Mar do Norte já que o mapa mostra essas regiões marítimas cobertas com o destaque verde.

Movimento de frota regular

Se você decidir que quer remover uma região marítima de sua área de patrulha, você pode fazê-lo com ⇧Shift + CLIQUE NO BOTÃO DIREITO na região marítima a ser removida. ^Ctrl + CLIQUE NO BOTÃO DIREITO removerá todas as áreas de patrulha selecionadas e forçará a sua frota a se mover para a locação que você clicou sem ter uma missão atribuída. Na imagem abaixo você pode ver que a "Frota de Casa" agora se moverá até que esteja fora da costa da Noruega, mas não realizará qualquer missão. Unidades atribuídas ao mapa sem uma missão ainda podem entrar em combate se a frota inimiga as detectar ou estiver passando nessa área específica.


Tipos de missão naval

Há no momento 4 missões navais no jogo, cada uma com um propósito.

Patrulha

Essa missão fará com que sua frota se espalhe nas áreas de patrulha designadas em uma formação frouxa. Isso aumenta gravemente as chances de detectar qualquer embarcação inimiga nas áreas de patrulha atribuídas, porém, há um custo. Quando um inimigo é detectado e o combate começa, sua frota está tão dispersa que é provável que apenas algumas embarcações amigáveis estarão no combate inicial. Seus navios irão pedir assistência a outros navios da frota na área de patrulha, porém, leva um tempo para a frota se agrupar completamente em uma formação eficiente. Isso pode evitar que você entre em combate de forma eficaz contra o inimigo, ou pior, pode permitir que você sofra perdas antes do resto da frota chegar. A "Dispersão da formação" para esse tipo de missão é de 160%.

Buscar e destruir

Essa missão fará com que sua frota assuma uma formação fechada nas áreas de patrulha designadas. Enquanto ela torna mais difícil a detecção de embarcações inimigas em áreas de patrulha, é provável que a maioria de sua frota seja capaz de entrar em combate com qualquer inimigo bem rapidamente se o combate começar. Isso pode permitir que você comece a causar dano às embarcações inimigas mais fracas antes que a frota inimiga seja capaz de se reunir. A "Dispersão da formação" para esse tipo de missão é de 50%.

Ataque a comboios

Essa missão fará com que sua frota procure por comboios inimigos nas áreas de patrulha designadas. Apesar de suas frotas poderem ser abordadas por embarcações inimigas se forem detectadas, esse tipo de missão prefere evitar combate se possível, exceto contra navios comerciais. A "Dispersão da formação" para esse tipo de missão é de 120%.

Escolta de comboios

Essa missão diz para sua frota proteger comboios amigáveis na área de patrulha designada, permitindo que você se concentre em submarinos inimigos e ladrões de comércio que ousarem atacar sua embarcação. Usando esse tipo de missão você ainda pode ser abordado por outras frotas, entretanto seus navios tendem a evitar o combate a não ser que estejam protegendo especificamente navios de comboios aliados. A "Dispersão da formação" para esse tipo de missão é de 67%.

Segurar

Essa opção faz com que sua frota abandone qualquer missão que estava.

Missões no mapa

Ícones em áreas de patrulha

Ícones de áreas de patrulha

Quando uma frota estiver em missão em uma área de patrulha (que incluir até 3 regiões marítimas adjacentes), o contador desaparece do mapa e um ícone de missão aparece na região marítima sendo patrulhada. Esses ícones de missão são os mesmos usados para atribuir a missão para permitir uma identificação rápida e fácil do tipo de missão nessa área de patrulha e o número abaixo dos ícones diz quantas frotas estão realizando essa missão atualmente nessa área. Por exemplo, na figura você pode ver que na região marítima do Mar do Norte há 2 frotas realizando patrulha, uma frota realizando buscar e destruir, duas frotas com ataques de comboio e uma frota com escolta de comboio.

Selecionando frotas a partir de ícones de área de patrulha

Se você clicar em qualquer um desses ícones você receberá uma lista das frotas realizando essa missão naquela região marítima ou um botão de "Selecionar todas". Você pode selecionar todas as frotas realizando essa missão em especial clicando em "Selecionar todas" ou você pode selecionar frotas individuais clicando no nome da frota que você deseja selecionar. Você não pode selecionar um grupo de frotas dessa maneira, apenas todas ou uma.

Bombardeio de litoral

Bombardeio das forças chinesas

O bombardeio de litoral não é estritamente uma missão. Para realizar o bombardeio de qualquer força terrestre inimiga em uma província costeira, tudo que você precisa fazer é mover uma frota contendo capitanias para a área marítima próxima à província que você deseja bombardear. A penalidade de bombardeio será adicionada automaticamente ao combate na província costeira quando a frota capaz estiver próxima o suficiente. A penalidade máxima de bombardeio é de 25% e é proporcional ao número de navios apropriados na frota. O alcance dos navios não é um fator. O bombardeio irá incluir apenas as províncias costeiras. Navios de guerra e super navios de guerra adicionam a maior quantidade à penalidade de bombardeio, seguida pelos cruzadores e cruzadores de batalha.

No exemplo você pode ver a frota de cruzadores japoneses de 7 navios incluindo o Izumo e o Iwate, se movendo do litoral da China e dentro do alcance para dar suporte às tropas imperiais atacando 32 Juntuán. Você pode confirmar isso pelo ícone de penalidade de bombardeio Shore Bombardment.png sob o nome do general chinês.

Combate Naval

Quando você estiver em guerra e tiver uma frota implantada no mapa realizando uma missão em uma ou mais regiões marítimas ou simplesmente parada em uma região do oceano em algum lugar, eventualmente você encontrará embarcações navais inimigas e o combate começará. O combate naval é completamente automatizado para reduzir a microgerência. Você estabelece ordens e comportamentos para suas frotas e atribui a elas a patrulha de certas áreas no mapa, com ordens sobre como se comportar quando o dano for recebido. Entretanto, ainda é uma boa ideia verificar suas batalhas navais de vez em quando, já que isso pode dar dicas sobre como as forças inimigas estão dispostas naquela área, assim como ideias sobre como suas frotas podem ser organizadas para lidar com elas.

Encontro Naval

O combate naval começou no Mar do Norte!

Quando um encontro ocorrer e navios inimigos forem avistados, haverá uma chamada de áudio, assim como ícones de informação na tela. No lado direito da tela você verá o ícone de uma âncora em chamas com uma exclamação vermelha. Isso permite que você saiba que um encontro naval aconteceu naquela região e esse combate está em progresso ou começará em breve. Se você clicar na âncora em chamas, o mapa centralizará na localização do encontro de combate.

Localização de combate e poder da força

Tamanho relativo das frotas inimigas

Quando um encontro acontecer significa que navios de ambas marinhas se detectaram. Não significa que todos os navios estão em combate no momento. Dependendo das ordens atribuídas a qualquer uma das frotas, algumas podem estar fora de posição e atualmente evitando o combate até que mais membros da frota apareçam. No mapa você verá uma exibição do tamanho relativo das frotas em número total de navios de guerra. O número à esquerda representa navios aliados e o número à direita representa os inimigos. No exemplo atual, há 8 navios aliados contra nenhum inimigo. Clicar nesse ícone de informação faz com que apareça a caixa de batalha naval.

Batalha contra comboios alemães no Mar do Norte

Batalha Naval

Clicar no ícone no mapa que mostra o encontro e a força da marinha faz com que a tela de batalha naval apareça. Nessa tela você verá o nome da batalha gerado automaticamente, a imagem do oceano dirá se é dia ou noite e dará uma ideia do clima também. Você verá forças aliadas à esquerda, e forças inimigas à direita, assim como os almirantes controlando os lados opostos, caso haja algum, e suas habilidades. Mais abaixo você verá uma barra colorida mostrando a força relativa. Nesse caso, a barra vai até a direita o que significa que nosso grupo de ataque provavelmente não perderá essa batalha contra os navios do comboio alemão. Segurar o mouse sobre essa barra dará mais informações assim como uma estimativa de quanto tempo a batalha ainda durará.

Abaixo da barra de força relativa você verá um mapa com uma linha pontilhada vertical abaixo do meio e alguns ícones de navios. Nos lados direito e esquerdo desse mapa, haverá uma área que pode ter silhuetas de navios, essa é a área "fora de alcance". Ela representa os navios que estão na região marítima e participarão na batalha, indo com velocidade máxima para assumir a formação com os navios que estão no mapa no momento. Então, nesse caso, nós temos atualmente 8 destruidores que avistaram 3 navios alemães. Em seu caminho há 1 carregador de aeronaves, 5 navios de guerra, 3 cruzadores de batalha, 1 cruzador, 6 cruzadores leves e um destruidor adicional. Os alemães não estão esperando qualquer reforço.

A forma como uma batalha naval funciona é a seguinte. Navios têm um posicionamento relativo às embarcações inimigas e um alcance de arma. A linha pontilhada no meio representa o ponto teórico entre as frotas e quanto mais próximo um navio estiver dessa linha pontilhada, mais perto um navio estará do "lado" teórico do inimigo. Então nesse exemplo, os comboios alemães estão quase do nosso lado, tanto quanto podem ir. Isso representa uma posição muito ruim para um navio de comboio desarmado enfrentando navios de guerra inimigos com armas. Então podemos esperar que os comboios tentem se mover para fora de alcance, para a direita.

No meio do caminho o grupo de 8 destruidores há navios que avistaram os comboios. Eles não estão dentro do alcance de disparo, logo longe da linha. Eles precisarão ir na direção dos navios de comboio para entrar em combate, porque o alcance das armas dos destruidores não é tão bom assim. Agora, é como a lógica da IA governa a batalha que determinará se o resultado será melhor, os destruidores podem ir direto para os comboios sem esperar navios amigáveis ou, se a IA perceber que pode estar em menor número, os destruidores podem esperar para os outros navios aliados entrarem em formação antes de atacar.

Começar o ataque!

Agora avancei o jogo algumas horas para que nós possamos ver o que está acontecendo. Nessa segunda imagem, podemos ver que os destruidores fecharam a posição na direção dos comboios alemães. Eu garanto que os navios de comboio estão tentando escapar, entretanto um mercador de 10 nós não pode esperar ultrapassar um destruidor de 30 nós. Isso não vai acontecer. De qualquer forma nós podemos ver que a IA decidiu corretamente que os mercadores podem ser derrubados sem reforços. Se você perceber, o resto da frota aliada ficou mais próxima no mapa, entretanto é provável que essa batalha acaba em breve antes deles entrarem em alcance, especialmente já que os destruidores já começaram a disparar de sua posição, na linha pontilhada no mapa.

Note que todos os navios tem barras de status sobre eles. A barra sólida verde representa a organização completa e a barra sólida marrom representa a força total. Essas barras representam uma média caso elas cubram mais do que um navio. Na primeira imagem dessa batalha, os navios do comboio estão em força máxima. Na imagem seguinte, a força dos navios do comboio está caindo à medida que eles tomam dano. Nessa imagem eu estou segurando o mouse sobre os 8 destruidores aliados, porém, devido à forma que a captura de tela funciona o cursor não está visível. Mas você verá que adicionalmente uma seta azul aparece apontando dos destruidores para os navios de comboio. Isso representa o grupo contra o qual meus destruidores estão disparando no momento, que é o que causou o dano. Além disso, uma dica apareceu à direita da caixa de combate mostrando os números verdadeiros envolvidos no cálculo do combate para aqueles que estiverem interessados. Apesar dessa informação não ser tão importante em uma batalha tão pequena como essa contra um oponente inofensivo, você pode usar a informação para ajudar a determinar quem está causando dano a quem em sua frota para que você possa criar composições de frota mais eficazes no futuro.

Cai o primeiro mercador.

Adiantando o jogo algumas horas mais, podemos ver que os destruidores aliados fizeram sua primeira vítima, e um mercador sem nome agora está no fundo do Mar do Norte, que nesse caso é a caixa no fundo da tela que representa navios afundados. Obviamente não tivemos casualidades e continuamos na melhor posição e alcance de arma. As duas embarcações de mercadoria estão bastante avariadas. Então apesar do resto da nossa frota estar bem longe do alcance, parece que essa batalha está quase no fim. É importante perceber também como o progresso da barra de força relativa mudou nessa captura de tela. Agora é bem óbvio que vamos vencer essa batalha.

Essa batalha acabou.

E sim, duas horas depois todos os navios do comboio estão afundados. Voltamos para a tela do mapa porque a caixa de combate naval desapareceu e nós ficamos com esse pequeno ícone que nos diz quais comboios foram afundados aqui. É importante perceber a pequena estrela dourada acima do navio de comboio. Isso significa uma vitória aliada, então comboios inimigos foram destruídos. Caso houvesse uma caveira no lugar de uma estrela, isso significaria vitória inimiga ou que comboios aliados foram afundados.

A frota que atribuí para o Mar do Norte recebeu a missão de buscar e destruir. Minha intenção era interceptar navios de guerra inimigos tentando operar no Mar do Norte. Entretanto o jogo aproveita qualquer alvo de oportunidade, tais como comboios, e também os afunda. A seguir vamos dar uma olhada em uma batalha naval real contra oponentes que podem revidar.

Se você clicar nesse ícone você vê a tela de sumário da batalha que iremos observar na próxima seção. Primeiro vamos comprar uma briga.

GER Naval Combat 1.jpg Nessa fase inicial do combate, toda a frota aliada chegou em formação. A frota alemã, por outro lado, ainda está esperando reforços e tem muitos navios fora da área de combate. Isso não é muito bom, porque os aliados têm um carregador de aeronaves nesse grupo de batalha e as aeronaves já começaram a atacar os navios alemães.
GER Naval combat 2.jpg Algumas horas passaram e você pode ver que a organização dos navios de batalha (a barra verde) está começando a cair porque eles estão sob ataque aéreo enquanto o resto da frota alemã se encaminha. O progresso da barra de força relativa no topo reflete um resultado não muito bom para os alemães.
GER Naval combat 3.jpg Mais tempo se passou e agora os cruzadores alemães já começaram a receber dano das aeronaves. A frota aliada está movendo seus navios para a posição ideal, enquanto os alemães continuam a se defender e esperar reforços.
GER Naval combat 4.jpg A noite chegou. As aeronaves aliadas agora estão vermelhas, já que na Segunda Guerra Mundial carregadores de aeronaves quase nunca operavam de noite. A frota alemã continua a manter distância e se recusa a entrar em combate antes dos reforços chegarem. A frota do Reino Unido agora está em posição com os navios implantados à frente. Perceba os danos graves que as capitanias alemãs estão recebendo somente das forças aéreas dos carregadores. Também a essa altura, preste atenção na distribuição de forças. O Reino Unido tem 14 submarinos posicionados na parte inferior do mapa, esses submarinos não foram detectados e não estão em combate no momento. Porém, os Alemães suspeitam de algo e enviaram 2 destruidores para a parte inferior do mapa para lidar com essa ameaça "separada" dos submarinos, o que deixa menos navios para a capitania no topo.
GER Naval combat 5.jpg É manhã novamente e a batalha aérea recomeça. Mas dessa vez as frotas alemãs conseguiram derrubar alguns aviões aliados com suas defesas aéreas enquanto esperam o resto da frota chegar.
GER Naval combat 6.jpg Finalmente! A maioria da frota alemã chegou na área de combate. As defesas aéreas nos navios conseguiram derrubar mais aeronaves, apesar de que eles continuaram sofrendo danos. Os submarinos, porém, ainda estão longe e considerando a barra de progresso as chances ainda estão contra os alemães então é provável que a IA esperará por aquele reforço. Afinal de contas é quase noite novamente e a aviação aliada naval não voa de noite!
GER Naval combat 7.jpg Os submarinos estão quase chegando. Perceba que a armada anti-submarinos da Alemanha na parte inferior da tela cresceu incluindo 6 destruidores, 4 cruzadores leves e 1 cruzador. Esses navios foram separados da frota principal e não serão capazes de auxiliar de forma eficiente os navios de batalha maiores. Perceba também a caixa de informação com a dica. Ela nos informa que os alemães derrubaram 4 caças. Ela também indica que os caças fizeram algum estrago aos navios alemães. Passar o cursor sobre os diferentes navios ou aeronaves no mapa dará informação adicional sobre o dano causado ou recebido por esses elementos. Perceba que como é típico no Mar do Norte, o clima virou, o que prejudica tanto as operações navais quanto aéreas.
GER Naval combat 8.jpg Agora segurando o cursor sobre os navios de batalha alemães eu consigo ver o dano que eles receberam, o número de golpes críticos causados, assim como as aeronaves que foram derrubadas por essas embarcações. Estamos esperando ainda os submarinos. A última mensagem de rádio do comandante do esquadrão é de que eles ainda demoram 6 horas.
GER Naval combat 9.jpg O comandante do esquadrão comunicou que os submarinos estão em posição e os navios alemães começarão o ataque. Navios alemães se apressam para o meio do mapa, que representa suas posições ideais. Os navios de batalha começam a atirar com suas armas enormes, cobrindo os navios menores que se aproximam para adicionar ao dano. O clima continua ruim, impedindo a aviação naval aliada de levantar voo, entretanto, a marinha alemã está partindo para a batalha com armamento significativamente menor e já com dano crítico. Seguimos adiante!
GER Naval combat 10.jpg Outras 4 horas se passaram. Os disparos de retorno dos 5 navios de guerra britânicos são demais. As capitanias alemãs são forçadas a se retirar ou enfrentar aniquilação. Disparos perigosos acertam um navio cruzador leve alemão e o partem ao meio. Para adicionar aos infortúnios, o clima cedeu o suficiente para a aviação naval aliada voltar a seus ataques aéreos.
GER Naval combat 11.jpg 3 horas depois e um cruzador alemão também é mandado para o fundo do mar, assim como 3 destruidores sem sorte que estavam próximos aos navios de guerra aliados que trocaram de alvo quando as capitanias alemães saíram do alcance. No meio tempo, um único submarino conseguiu lançar um torpedo em um navio de guerra aliado. O submarino é detectado instantaneamente pelas forças aliadas, perdendo seu bônus.
GER Naval combat 12.jpg Outras 6 horas e a carnificina está quase completa. 8 submarinos foram afundados por destruidores aliados eficiente depois de não conseguirem nenhum abate. Os navios que protegiam as capitanias alemãs foram destroçados, a lista de baixas agora está em 7 destruidores e 2 cruzadores leves. E enquanto a aviação naval sofreu perdas, perdendo metade dos caças assim como alguns torpedeiros e bombardeiros de mergulho, não foi o suficiente. E com os cruzadores alemães no fundo do Mar do Norte, basicamente não há defesas aéreas para as capitanias danificadas que sobraram. No meio tempo, nosso grupo anti-submarinos na parte inferior do mapa de batalha detectou todos os submarinos aliados e impediu que eles atacassem nossas capitanias moribundas, mas até agora não conseguiram afundar nenhuma.
GER Naval combat 13.jpg Mais 4 horas. A tempestade continua ao redor da batalha. Junto com a noite ela impede os aviões britânicos de levantarem voo. Todos menos 3 submarinos alemães foram afundados, os outros permanecendo não detectados sob a maré. No meio tempo nossos navios anti-submarinos finalmente conseguiram enganar alguns capitães de submarinos e com alguns disparos nas profundezas 2 submarinos britânicos fora mandados para o fundo do mar. Nossa última capitania tenta desesperadamente fugir da frota aliada usando a cobertura da noite e do clima.
GER Naval combat 14.jpg Depois de mais uma noite de lutas, nossos navios de batalha finalmente foram afundados pela frota britânica numerosa e agora eles viram sua atenção para nosso esquadrão anti-submarinos, que tem mais sucesso durante a noite, enviando mais 4 submarinos britânicos para o fundo do mar. Nossos submarinos ainda estão fora de vista. Eles estão aqui?
GER Naval combat 15.jpg Outro dia e meio se passa. O cruzador que estava na cola do esquadrão anti-submarinos foi afundado. Todos os submarinos aliados foram destruídos com a exceção de um. Os britânicos decidiram que fizeram o suficiente e começam a recuar. O resto da frota alemã destroçada concordou e sem munição e espírito, retornou para o continente.
GER Naval combat 16.jpg Foi uma emboscada! Os britânicos ardilosos retiraram suas embarcações principais, mas enviaram suas embarcações leves atrás dos restos do esquadrão anti-submarinos. Eu não esperava menos da Marinha Real.
GER Naval combat FINAL.jpg Finalmente a batalha acabou. Não resta nada além do luto pelas mortes eletrônicas. De nossa frota alemã gloriosa, apenas 10 navios restaram. As únicas perdas dos britânicos: 11 submarinos, 7 caças, 3 torpedeiros e 4 bombardeiros de mergulho. Um pequeno percalço comparado aos milhões de marcos alemães e mais importante, toneladas de petróleo, aço, cromo e milhares de homens que foram desperdiçados. Para nada. Você recebeu ordens de voltar para Berlim.

Como mencionamos no começo, o combate naval em Hearts of Iron IV é automatizado em sua maioria. O trabalho precisa ser feito antes da luta, organizando suas frotas em tamanhos apropriados e com um bom suporte. Você precisa pensar um pouco sobre as áreas que quer controlar e o que espera atingir. Aviação terrestre, por exemplo, pode ter graves consequências para marinhas desavisadas, especialmente com a guerra se estendendo e as tecnologias melhorando. Lembre-se que o objetivo da marinha não é necessariamente afundar navios inimigos. Não há glória em toneladas de navios de guerra se você perder a guerra. E essas variáveis a Paradox escolheu deixar com você.